Elaine Cruz

Elaine Cruz é psicóloga clínica e escolar, com especialização em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade. É mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense, professora universitária e possui vários trabalhos publicados e apresentados em congressos no Brasil e no exterior. Atua como terapeuta há mais de vinte e cinco anos e é conferencista internacional. É mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA) e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Como escritora recebeu o 'Prêmio ABEC de Melhor Autora Nacional' e é autora dos livros “Sócios, Amigos e Amados” e “Amor e Disciplina para criar filhos felizes”, todos títulos da CPAD.

Aquecendo a casa

O frio mata. Já morei em países em que a temperatura média no inverno era de -10 graus Celsius. A casa precisava ser aquecida, e o tanque do carro devia estar sempre cheio, de modo a manter o carro ligado em situações de congestionamento, pois se a gasolina acabasse, a chance de morrer congelado dentro do carro era grande.

O frio mata devagar. A pessoa vai deixando de sentir seus membros, sua respiração vai se tornando lenta, o sangue vai parando e seus órgãos começam a falhar. Mesmo quando a mente ainda está ativa, a pessoa não consegue se mexer, nem mesmo gritar por socorro.

Emocionalmente, a frieza da alma também pode ser tão grande, que leva a pessoa a congelar sua vida e seus sonhos. Viver numa casa com pais distantes, que não demonstram afeto, que não abraçam ou elogiam, que são incapazes de perceber e de amar seus filhos, é como viver dentro de um iceberg emocional.

Muitos lares são assim: frios, secos, nevados. Não há aconchego, calor humano ou o afeto caloroso. As pessoas pouco se falam, e vão se tornando congeladas, não conseguindo nem mesmo gritar por socorro, por um colo, pela atenção do outro.

A Bíblia diz que a mulher sábia não receia a neve por seus familiares, pois todos eles vestem agasalhos. (Provérbios 31.21). É claro que o texto deve ser interpretado no sentido literal: a temperatura de Israel no inverno é muito fria, nevando em algumas regiões por meses. É de se esperar, portanto, que uma mulher sábia se organize para o inverno, aquecendo sua casa e agasalhando os membros da sua família.

Entretanto, se aplicarmos o texto dentro do contexto afetivo, a lição que aprendemos é a de que nossa casa precisa estar aquecida. É muito bom voltar para uma casa calorosa depois de um dia estafante de trabalho. É gratificante saber que por mais que o mundo corporativo e profissional seja estressante e frio, podemos encontrar calor humano em casa: pais interessados no cotidiano dos filhos, filhos solícitos à instrução amorosa de seus pais, cônjuges prontos a abraçar e aquecer a alma e o corpo um do outro.

Não tema a neve. Se o desemprego de um dos cônjuges bater à porta, é bom poder contar com o suporte do outro. Quando a doença chegar, os membros da família se revezam nos cuidados. Quando o choro for necessário, é sempre bom ter um ombro amigo para abraçar a alma e aquecer o coração.

Agasalhe seu cônjuge. Abrace, beije, diga palavras de ânimo, e o apoie em suas tribulações e lutas pessoais. A vida conjugal implica em cumplicidade, entrega e uma boa dose de calor humano, fazendo com que o outro não se sinta só. 

Agasalhe seus filhos e netos. Ou, se for solteiro e adulto, agasalhe seus pais. Supra seus familiares de amor sincero e incondicional, dê o beijo de boa noite, cubra com cobertas antes de dormirem, e não deixe de cobri-los de orações, de elogios, de ensinos e de afeto. Quando fecharmos a porta, e deixarmos a neve do inverno da vida do lado de fora, que nossas casas estejam sempre aquecidas!

elaine

Elaine Cruz 

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

O medo do novo! 

Escrito por Elaine Cruz
O medo do novo! 

Desde a infância sabemos o quanto pode ser difícil começar numa nova escola, fazer novos a...

Planejamento anual

Escrito por Elaine Cruz
Planejamento anual   

Todo início de um novo ano costumamos fazer muitas e novas resoluções – ler a Bíblia toda,...

Despedindo-se do ano velho…

Escrito por Elaine Cruz
Despedindo-se do ano velho…

Muita gente diz que ao findar um ano precisamos nos despedir do ano que passou. Dão adeus...

Presente de Natal

Escrito por CPAD Web
Presente de Natal

Eu fui criada em uma casa simples, por um casal atuante na igreja, e que levava uma vida m...

Paz na parentela!?

Escrito por Elaine Cruz
Paz na parentela!?

Quando eu era menina, quando eu e minha irmã brigávamos, minha mãe nos fazia ficar abraçad...

Fechando para balanço!

Escrito por Elaine Cruz
Fechando para balanço!

Quem tem empresa conhece bem a necessidade de fechar as portas, mesmo que seja um dia por...

As datas importantes

Escrito por Elaine Cruz
As datas importantes

Nossa vida é marcada por datas. Data de nascimento, data do casamento, aniversário dos fil...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2019 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.