Elaine Cruz

Elaine Cruz é psicóloga clínica e escolar, com especialização em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade. É mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense, professora universitária e possui vários trabalhos publicados e apresentados em congressos no Brasil e no exterior. Atua como terapeuta há mais de trinta anos e é conferencista internacional. É mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA) e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Como escritora recebeu o 'Prêmio ABEC de Melhor Autora Nacional' e é autora dos livros “Sócios, Amigos e Amados”, “Amor e Disciplina para criar filhos felizes” e o mais recente, "Equilíbrio Emocional", todos títulos da CPAD.

Ebenézer

Sempre que comemoramos uma data importante, como o aniversário de fundação de uma igreja ou de uma empresa, ou nosso aniversário de casamento ou nascimento, nos lembramos de dizer “Ebenézer - até aqui o Senhor nos ajudou”.

Conhecemos a palavra Ebenézer dos textos do primeiro livro de Samuel. Ebenézer era o nome de uma aldeia da tribo de Efraim, onde os filisteus derrotaram os israelitas (1 Samuel 4). Tempos depois, quando os filisteus foram derrotados pelos israelitas, Samuel coloca uma pedra que chama de Ebenezer: Então Samuel pegou uma pedra e a ergueu entre Mispá e Sem; e deu-lhe o nome de Ebenézer, dizendo: "Até aqui o Senhor nos ajudou". (1 Samuel 7.12).

Somos gratos pelo cuidado de Deus, e precisamos reconhecer que todo êxito, em qualquer que seja a área da nossa vida, devemos atribuir a Deus. Nossos filhos são doados e protegidos por ele, nosso trabalho é uma porta que ele abriu, nossa inteligência e sabedoria vem dele. Podemos cuidar da nossa saúde, mas Deus é que nos garante a vida. Mesmo quando nos esforçamos por manter nosso casamento, Deus é sempre a razão dele estar sendo abençoado! Sempre que chegamos a uma data importante, é bom considerar os passos percorridos e nos lembrarmos dos livramentos e cuidados de Deus. Também é um bom momento para reconsiderar: o bom de sermos humanos é que somos pensantes, realizadores, inteligentes e capazes de recomeçar depois da chuva ou da tempestade. Podemos renovar a mente, que é nosso maior desafio – rever conceitos, refazer caminhos, reconsiderar atitudes, organizar afetos, fazer uma faxina em sentimentos. Sempre poderemos fazer mais, amar mais, nos dedicar mais, e sorrir mais.

Contudo, a gênese da palavra Ebenézer significa “pedra de ajuda” – uma pedra que sustenta, que firma, pedra de apoio, que provê suporte e segurança. É claro que sabemos que Deus é nossa rocha, nosso sustento e proteção. Ele é a rocha mais alta, a pedra angular, a pedra de esquina, a rocha na qual estamos firmados. Assim sendo, ele é a nossa principal pedra de ajuda.

Mas também gosto de pensar na possibilidade e privilégio de podermos ser pedra de ajuda para outras pessoas. Para novos convertidos que precisam de uma palavra direcionada e sábia. Para amigas que necessitam de colo quando sofrem traições e passam por uma desconstrução conjugal. Para filhos aflitos que buscam orientações em mães amorosas e firmes em suas convicções de vida.

Precisamos ser pedra de ajuda para outras pessoas. Há muita gente que conta conosco para obter força, e motivação para as vivências cotidianas. Hoje, todos procuram exemplos de pessoas em quem possam se espelhar para desenvolverem honestidade, sabedoria e sobriedade.

Você está cercada de gente que precisa da sua ajuda, da sua orientação, da sua oração, do seu afeto, do seu abraço. Seu marido procura pelo seu sorriso e pelo seu olhar de aprovação. Seu filho está esperando a sua disciplina, e por mais que ele faça cara de quem não gosta de ouvir críticas, são as suas palavras duras que formatam o caráter dele!

De modo semelhante, sua filha espera seu abraço e seu toque, mesmo que seja na hora de dormir, quando você toca nos seus cabelos. Sua igreja necessita dos seus talentos, e pessoas amigas precisam ser sustentadas pelo seu jeito amoroso de incentivá-las a encarar os desafios da vida. 

Seja pedra de ajuda – nunca pedra de tropeço. Que suas palavras sempre incentivem os outros a serem melhores, que suas atitudes sempre estimulem os outros a fazer o máximo!

Ebenézer!

elaine

 

Elaine Cruz 

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

A Verdade Incomoda

Escrito por Elaine Cruz
A Verdade Incomoda

A Bíblia trabalha com verdades absolutas sobre Deus, salvação, pecado, e vida social, prof...

Saudades

Escrito por Elaine Cruz
Saudades

A palavra saudade em português, segundo a história, surgiu no período dos descobrimentos....

Ebenézer

Escrito por Elaine Cruz
Ebenézer

Sempre que comemoramos uma data importante, como o aniversário de fundação de uma igreja o...

A arte de justificar os erros

Escrito por Elaine Cruz
A arte de justificar os erros

É impressionante como aprendemos, desde a mais tenra infância, a justificar nossos erros....

A armadilha do Orgulho

Escrito por Elaine Cruz
 A armadilha do Orgulho

Desde que nascemos convivemos com outros – irmãos, pais, primos, amigos, parentes, vizinho...

Pobreza Moral

Escrito por Elaine Cruz
Pobreza Moral

Nossa capacidade de vasculhar as diversas regiões do mundo através das mídias sociais é im...

Quase…

Escrito por Elaine Cruz
Quase…

A palavra quase é um advérbio que usamos desde a infância, quando as crianças ainda só con...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2020 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.