Elaine Cruz

Elaine Cruz é psicóloga clínica e escolar, com especialização em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade. É mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense, professora universitária e possui vários trabalhos publicados e apresentados em congressos no Brasil e no exterior. Atua como terapeuta há mais de trinta anos e é conferencista internacional. É mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA) e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Como escritora recebeu o 'Prêmio ABEC de Melhor Autora Nacional' e é autora dos livros “Sócios, Amigos e Amados”, “Amor e Disciplina para criar filhos felizes” e o mais recente, "Equilíbrio Emocional", todos títulos da CPAD.

A arte de conviver com pessoas

Conviver é o mesmo que coexistir, possuir convivência, partilhando afetos, fatos e vivências. Não é algo fácil, pois desde crianças somos educados para construirmos nossa individualidade, com valores e pensamentos particulares. 

São muitas as crianças que desde cedo apresentam dificuldade de conviver com as diferenças, com o não, com a devolução do objeto do amiguinho, com os gostos, os sucessos e as atitudes alheias. E mesmo quando crescemos, percebemos o quanto pode ser difícil conciliar a nossa vida com as dos outros com quem lidamos, seja no espaço profissional ou pessoal. 

Todos temos expectativas quanto ao futuro, projetos profissionais, planos para a família ou vida sentimental, e anseios vários, como viajar ou crescer na carreira. E é licito que, dentro do que é legitimo e correto, persigamos nossos alvos e metas. 

Passamos muitos anos da nossa vida planejando a própria vida, e é muito bom quando conseguimos vislumbrar e vivenciar a tão esperada viagem ou conquista profissional. Quantas meninas sonham com o dia do casamento, escolhem nomes para os filhos futuros, se imaginam em carreiras prósperas e idealizam seus corpos e seus romances. 

Quando muitos destes planos se estabilizam, o planejamento continua.  Se já é difícil organizar a própria vida, o que não dizer dos pais que precisam acertar as diferentes agendas dos filhos? Cursos de inglês, aulas de música, escolinha de futebol, horários alternados de colégios? Como montar em casa uma engrenagem que permita aos pais terem vida conjugal e parental?

Na esfera profissional fazemos o mesmo. Precisamos ajustar as diferentes requisições de chefes, administrar egos de gerentes e subalternos, e ajustar nossos horários aos dos clientes e dos pacientes. Muito do estresse profissional reside em atritos pessoais e corporativos. No mundo corporativo de hoje, possuir inteligência emocional para saber conviver em espaços profissionais tem o mesmo peso curricular que as competências e cursos adquiridos em bancos escolares.  

Nossa sociedade reflete estes conflitos. Reivindicações legítimas de uma categoria de trabalhadores faz com que fiquemos presos em nossos lares, quer pela falta de combustível ou de segurança. Ações políticas afetam nosso bolso, ações governamentais podem complicar nossa saúde, atos de pessoas com quem convivemos socialmente podem ferir nossos sentimentos. 

Se nossos direitos terminam onde começam os direitos dos outros, nossos deveres devem prosseguir mesmo quando os outros falham em seus deveres conosco. Assim, decidimos pelo justo numa sociedade injusta, e permanecemos corretos mesmo quando cercados por desonestidade. Mantemos nossa integridade e lutamos diariamente para alcançar objetivos, ao mesmo tempo em que respeitamos e, se possível, apoiamos e ajudamos o outro em suas metas particulares. Fazemos o que nos cabe, o que a Bíblia nos ensina: Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes, suportando uns aos outros com amor. (Efésios 4.2)

Conviver, conjugar a vida e partilhar um mesmo espaço de trabalho implica dar suporte, apoiar e amar pessoas. Portanto, se posicione com amor, e seja firme quanto a seus princípios e valores. E espere gratidão e ingratidão, amores e desafetos, elogios e invejas, compreensão e rebeldia. Afinal, conviver é sempre uma grande arte!

elaine

 Elaine Cruz 

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

Novembro Azul

Escrito por Elaine Cruz
Novembro Azul

No mês de Outubro conversamos sobre a campanha Outubro Rosa, para conscientizar as mulhere...

A arte de conviver com pessoas

Escrito por Elaine Cruz
A arte de conviver com pessoas

Conviver é o mesmo que coexistir, possuir convivência, partilhando afetos, fatos e vivênci...

O crescimento da Nomofobia

Escrito por Elaine Cruz
O crescimento da Nomofobia

O medo é uma emoção inata e natural ao ser humano, entendida como um instinto primário par...

A opção de amadurecer

Escrito por Elaine Cruz
A opção de amadurecer

Quando pensamos sobre o desenvolvimento humano, percebemos que Deus trabalha com uma preci...

A Primavera

Escrito por Elaine Cruz
A Primavera

Eu e meu marido caminhamos todos os dias. Na verdade ele é super disciplinado e corre diar...

Pequenas Esperanças

Escrito por CPAD Web
Pequenas Esperanças

Aprendi a história da arca de Noé ainda na minha primeira infância. Desde pequena imagino...

Lembranças da infância

Escrito por Elaine Cruz
Lembranças da infância

O dia das crianças, comemorado no dia 12 de Outubro, sempre foi controverso pra mim. Como...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2020 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.