Lídia Dantas Costa

Lídia Dantas Costa é casada com o Pastor Wellington Júnior, atual presidente da CGADB – Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil. Formada em Artes Plásticas e Teologia; Pós Graduada em Terapia Familiar e de Casal; Pós Graduada em Aconselhamento. ‪Coordenadora do Departamento Feminino e Círculo de Oração da Assembleia de Deus do Belém, em Guarulhos (SP) há 23 anos. E há 15 coordena os Encontros de Casais em sua igreja. ‬ ‪Há 32 anos é professora da ED e há seis coordena o Curso de Aconselhamento Pré-Nupcial na ADB Guarulhos. Preside a ABEM –Associação Beneficente Estrela da Manhã há seis anos. Há quatro está na ministração do Curso de Aconselhamento Familiar na Faculdade Teológica de São Paulo – FAESP. Ministra palestras para Casais e Famílias e presta atendimento gratuito na ADB - Guarulhos, em Aconselhamento, Terapia Familiar e de Casal.

Um Grande Amor

Irmã querida, eu a convido para juntas fazermos uma visita aos nossos sentimentos, as nossas lembranças. Quem sabe será uma visita há dias, meses ou anos passados? Vamos visitar um sentimento. Um grande amor.

O Senhor Deus, por amor, compadeceu-se da solidão do homem, embora toda a criação do Pai o cercasse, não havia ninguém da mesma natureza com quem ele pudesse conviver e relacionar-se familiarmente.

E disse o Senhor Deus: não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma adjutora que esteja como diante dele” Gn 2:18. Segundo Matthew Henry, uma ajudante, como ele; alguém da mesma natureza e do mesmo nível de existência. Uma ajudante, próxima dele, alguém que coabite com ele e esteja sempre por perto. Uma ajudante à sua frente, alguém a quem ele olhe com prazer e deleite. Assim, o Senhor Deus criou Eva e a pôs junto de Adão. Que linda e perfeita a intenção de nosso Deus ao preparar para o homem uma companheira, que lhe completasse a vida!

Um dia o Senhor percebeu em seu esposo a mesma necessidade que havia percebido em Adão e, com o mesmo amor e cuidado, preparou você, minha irmã, para ele. E que lembranças você tem de quando vocês se conheceram? E foram a cada dia conhecendo-se melhor... Os sentimentos foram nascendo em seu coração e foram crescendo. Até ao ponto de você perceber que era amor. Este sentimento cresceu até levá-los ao casamento. Era um grande amor! Era?

Dessa forma nossa história caminha... Casamo-nos e com o passar do tempo as demandas do casal podem tornar-se desgastantes. A família cresce, a rotina do cotidiano instalasse em nossa vida e com relação ao cônjuge, tudo já não parece tão perfeito, comumente, começa a saltar aos nossos olhos o que nele nos aborrece, irrita ou desagrada. E, então, passamos a reclamar, chamar a atenção e a corrigi-lo; e isso segue dia após dia. Se não tivermos o cuidado de prestar atenção e nos policiarmos, faremos isto grande parte do tempo em que estivermos juntos. Um relacionamento assim pode ser bom, agradável e prazeroso? Neste contexto o amor pode parecer não tão grande, ou pequeno, ou inexistente.

Porém querida, você pode ter um olhar especial para com o homem que um dia despertou em seu coração esse grande amor. Passe a observar o que seu esposo tem de bom. Que qualidades são admiráveis nele? O que ele faz que é muito bom? Em que ele se destaca? Um marido fiel! Um crente de fé! Um ótimo pai! Um excelente provedor! É muito divertido! É muito romântico! Quando passamos a observar e destacar o que o outro tem de bom, de admirável; quando nos lembramos do que nos fez nos apaixonarmos, no início do relacionamento; quando começamos a trocar o que nos aborrece e a focar com bons olhos o que há de elogiável nele, este tipo de percepção fará com que a admiração por seu esposo cresça e isto é muito saudável para a manutenção e fortalecimento do amor e da união entre o casal. E a Palavra do Senhor, que é perfeita, nos diz:“Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude ou algum louvor, nisso pensai.” Fp 4:8. O seu relacionamento conjugal poderá ser ainda mais favorecido, se você passar a elogiar seu esposo, com sinceridade, nas características em que ele se destaca, mesmo que você me diga que ele nunca elogie você. Será perceptível a maior interação entre vocês, minha irmã.

Quando buscamos o enriquecimento do amor,algo muito importante para meditarmos é sobre o humor. O bom humor nos ajuda a lidar com as pressões do casamento. Não passaremos a ser irresponsáveis, mas não deixaremos que questões alheias à relação esposo/esposa venham interpor-se a nós, tirando a paz, a comunhão e o prazer de sermos um casal. O bom humor nos ajuda a dar um tempo para observarmos a realidade. Impede-nos de brigar por qualquer motivo. Nos ajuda a não exigir perfeição do outro. É um alívio para a tensão. “O coração alegre é bom remédio, mas o espírito abatido faz secar os ossos” Pv 17:22

Amada irmã, a palavra de Deus nos diz que: Tudo tem seu tempo determinado... Tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear e tempo de saltar de alegria. Há um tempo certo para cada coisa (Ec3: 1-8). Não podemos nos esquecer de descontrair, de nos divertir e desfrutar um do outro. Você tem seu esposo ao seu lado? Então, esse é o tempo determinado pelo Senhor para vocês se amarem.

Olhe bem para seu esposo, avalie e perceba que não era um grande amor, ainda é: “As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens de sua casa pelo amor, certamente o desprezariam.” Ct 8:7.

 Lídia Dantas Costa

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

Espiritualmente Saudável

Escrito por Lídia Dantas Costa
Espiritualmente Saudável

Aceitamos a Jesus Cristo como Salvador, os dias passam e cada uma de nós encontra seu luga...

Viver sem Medo

Escrito por Lídia Dantas Costa
Viver sem Medo

Ao assistir ao noticiário, ao ler o jornal ou conversar com determinadas pessoas, você alg...

Este é o tempo

Escrito por Lídia Dantas Costa
Este é o tempo

Hadassa, uma jovem órfã, adotada por seu primo Mardoqueu, ambos judeus que viviam na cidad...

Meu Rei e Meu Senhor!

Escrito por Lídia Dantas Costa
Meu Rei e Meu Senhor!

"Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos. Um dia faz...

O Nome de Jesus

Escrito por Lídia Dantas Costa
O Nome de Jesus

Nos dias em que Jesus desempenhou seu ministério aqui na Terra entre os homens, muitas pes...

Orai sem cessar

Escrito por Lídia Dantas Costa
Orai sem cessar

Irmã amada, em 1 Tessalonicenses 5:17, a Palavra de Deus nos diz: “Orai sem cessar”. Quand...

O Jardim do Senhor

Escrito por Lídia Dantas Costa
O Jardim do Senhor

"Jardim fechado és tu, minha irmã, esposa minha, manancial fechado, fonte selada.” Ct 4:12...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2018 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.