Lídia Dantas Costa

Lídia Dantas Costa é casada com o Pastor Wellington Júnior, atual presidente da CGADB – Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil. Formada em Artes Plásticas e Teologia; Pós Graduada em Terapia Familiar e de Casal; Pós Graduada em Aconselhamento. ‪Coordenadora do Departamento Feminino e Círculo de Oração da Assembleia de Deus do Belém, em Guarulhos (SP) há 23 anos. E há 15 coordena os Encontros de Casais em sua igreja. ‬ ‪Há 32 anos é professora da ED e há seis coordena o Curso de Aconselhamento Pré-Nupcial na ADB Guarulhos. Preside a ABEM –Associação Beneficente Estrela da Manhã há seis anos. Há quatro está na ministração do Curso de Aconselhamento Familiar na Faculdade Teológica de São Paulo – FAESP. Ministra palestras para Casais e Famílias e presta atendimento gratuito na ADB - Guarulhos, em Aconselhamento, Terapia Familiar e de Casal.

Novo propósito

Quando em nosso encontro com Jesus Cristo temos a vida transformada e somos invadidas pelo amor de Deus e a alegria do Espírito Santo de um modo indescritível, podemos admitir que na conversão a Cristo somos totalmente tomados pelo poder da graça divina. Porém, no decorrer do tempo, os afazeres, os desgastes emocionais, as dificuldades relacionais, o lidar com as tristezas e decepções podem nos levar a estacionar na fé ou, até mesmo desejar abandonar tudo.

Soma-se a isso perseguições e injustiças que podemos vivenciar nos levando a desanimar, nos deixar fartos ou cansados das atividades que temos na Casa do Senhor, assim como, até mesmo na vida espiritual pessoal.

Quão relevante é a observância de que, é possível, o cristão enfrentar um segundo momento transformador em sua vida espiritual. Passados tempos da conversão, surge a necessidade de uma nova decisão, na qual devemos resolver se permaneceremos como estamos ou se nos levantaremos e nos apresentaremos diante de Deus como a filha que anseia pela manifestação maravilhosa da glória do Pai. Já tivemos o privilégio da salvação em Cristo, na qual fomos resgatadas de forma tão intensa pela graça maravilhosa de Deus, no entanto, neste novo momento de despertamento, em um novo propósito, grande parte do esforço virá de você mesma, todavia crendo que o Espírito Santo trabalhará em seu favor.

Quando iniciamos na fé somos alimentados e cuidados como crianças, “Quem se alimenta de leite ainda é criança e não tem experiência no ensino da justiça.” Hebreus 5:13, mas com o passar do tempo amadurecemos,e precisamos ter iniciativas próprias. “Mas o alimento sólido é para os adultos, os quais, pelo exercício constante, tornam-se aptos para discernir tanto o bem quanto o mal.” Hebreus 5:14. A vontade de Deus é que nos aproximemos dEle e alcancemos um novo estágio de espiritualidade, o buscando com desejo verdadeiro de alcançá-lo, com todo o coração e com todas as forças, essa busca por um encontro maior com Deus demandará nosso esforço pessoal.

Ao meditarmos o sofrimento do Apóstolo Paulo e Silas na prisão, eles haviam sentido a dor dos açoites com varas, mas os soldados também carregavam consigo machados que, a qualquer momento, poderiam ser usados contra eles. Estavam presos e poderiam chegar à morte, como fizeram com Jesus. Poderiam sentir-se entristecidos, decepcionados e desanimados, no entanto, não sentiam-se assim, pois “...perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam. E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos.” At 16. 25,26. Quando eles poderiam estar dormindo e descansando das dores e sofrimentos daquele dia, eles preferiram, sim, escolheram orar e cantar hinos a Deus. Buscando no Senhor consolo nas aflições, sustento no sofrimento, que todas aquelas dores contribuíssem para a propagação do evangelho de Cristo. Oravam pelos que os perseguiam para que fossem perdoados e salvos. Seja em que lugar for ou em que circunstância estiver não há o que impeça que um coração contrito se eleve a Deus. Paulo e Silas além de orar, cantavam louvores ao Senhor em meio a dores, mas oravam e cantavam tão alto que os prisioneiros acordaram e ouviam louvores de gratidão, de súplica, de amor e exaltação a Deus. Que experiência maravilhosa não viveram os servos do Senhor? “E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos.”. Saíram fortalecidos, renovados, restaurados, com a fé aumentada e, extremamente gratos a Deus.

Moisés fez a Deus um importantíssimo pedido, em um momento difícil de decepção com os hebreus, em uma intensa intercessão pelo povo: "Rogo-te que me mostres a tua glória" (Êxodo 33:18). O que desejava Moisés? Conhecer a glória de Deus. Conhecer profundamente e de modo íntimo, o caráter, o amor e o relacionamento de Deus com o ser humano. Moisés desejava contemplar ao Senhor em toda a sua glória, majestade e poder. Amada irmã, eu a convido para submergir em um novo e profundo relacionamento espiritual com o Senhor nosso Deus. Creia! É isso que Ele quer: você bem juntinha dEle.

Tua é, SENHOR, a magnificência, e o poder, e a honra, e a vitória, e a majestade; porque teu é tudo quanto há nos céus e na terra; teu é, SENHOR, o reino, e tu te exaltaste por cabeça sobre todos. E riquezas e glória vêm de diante de ti, e tu dominas sobre tudo, e na tua mão há força e poder; e na tua mão está o engrandecer e o dar força a tudo. Agora, pois, ó Deus nosso, graças te damos, e louvamos o nome da tua glória.” 1 Cr 29. 11-13.

 Lídia Dantas Costa

 *A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

 

Feliz Natal com Jesus!

Escrito por Lídia Dantas Costa
Feliz Natal com Jesus!

Amada irmã, quanto os dias que antecedem o Natal e envolvem suas comemorações nos fazem me...

Novo propósito

Escrito por Lídia Dantas Costa
Novo propósito

Quando em nosso encontro com Jesus Cristo temos a vida transformada e somos invadidas pelo...

Para a glória de Deus!

Escrito por Lídia Dantas Costa
Para a glória de Deus!

Ao meditarmos no imensurável amor de Deus por nós, entendemos que este amor foi tão grande...

Filhos, herança do Senhor

Escrito por Lídia Dantas Costa
Filhos, herança do Senhor

Ao pensarmos sobre a criação e educação de nossos filhos, creio que a todas nós seja perce...

Não se cale!

Escrito por Lídia Dantas Costa
Não se cale!

Quando falamos em dificuldades enfrentadas por nós cristãos, atualmente, alguns costumam c...

Mulher cristã como luz do mundo

Escrito por Lídia Dantas Costa
Mulher cristã como luz do mundo

Os dias atuais têm gerado desafios a serem enfrentados pela esposa de obreiro, abrangendo...

Sempre Nova!

Escrito por Lídia Dantas Costa
Sempre Nova!

Somos impelidas a viver algo novo a partir do momento em que cremos em Jesus Cristo e o re...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2020 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.