Sou um milagre!  

A paz do Senhor, meu nome é Nayara Maria Araújo, tenho 25 anos, sou casada e tenho duas filhas, uma de 9 anos e a outra de dois anos.

No ano de 2017 engravidei da minha segunda filha, Nathaly, uma gravidez nada tranquila. Eu não comia direito, não andava direito também e não entendia o porquê. Eu quase não frequentava a igreja, pois, não aguentava andar, a pressão era muito alta e tinha muito inchaço também. 

Em janeiro de 2018, quando completei sete meses de gestação, fiquei internada por causa da pressão alta. Um dos médicos olhou pra mim e falou: “Você vai perder sua bebê”. Eu o repreendi na hora, pois, eu creio em um Deus que tudo pode e que cumpre suas promessas. A minha gravidez era de alto risco, os médicos não sabiam direito o que era, falavam que era só uma anemia e uma coagulação no sangue. 

Tive alta hospitalar e recebi visita de três irmãs do Círculo de Oração na minha casa. Após orarem, Deus usou uma das irmãs e disse que Deus estava fechando a sepultura pra mim e que eu iria passar por um momento difícil. Eu sabia que aquele era um recado de Deus.

No dia 02 de fevereiro de 2018 completei oito meses de gestação. Fui para o hospital com dores de parto, pressão alta, cheguei ao hospital às sete da manhã e fizeram um parto de emergência às 16:07h, pois estava com a pressão 18/13. Ganhei a bebê e fomos para casa, mas outro problema surgiu após chegar a casa. Toda vez que eu amamentava a minha filha, passava mal, eu vivia com febre alta, dores insuportáveis, sabia que não era normal, mas os médicos só passavam Buscopam. Fiquei assim mais um mês, mas passei a ter dores abdominais, febre e sentir fraqueza.

Quando minha filha completou 1 mês de vida, no dia 02 de março de 2018, não aguentei mais e fui para o hospital. Lá falaram que poderia ser água na barriga, mas depois de muita pesquisa, me transferiram para outro hospital, o mesmo que tive minha filha. Tive alguns problemas no atendimento, até que conseguiu ser atendida lá. Fiquei na CTI, pois comecei a ter dificuldades para respirar, não conseguia respirar sem oxigênio. Os médicos tentaram de várias formas colocando aparelhos para me auxiliar na respiração, mas nenhum estava me ajudando. Eles disseram que iriam me entubar.  

Fiquei preocupada, mas eu sabia que tudo estava na permissão de Deus. No outro dia, fui para sala de cirurgia, pois tive que abrir minha cesárea novamente e retirar água da barriga. Tive uma insuficiência respiratória, descobriram que meu pulmão estava infeccionado, os meus rins tinham parado de funcionar. Fiquei entubada na UTI durante 16 dias. Durante este período fiz exames para saber se eu estava com Lúpus. E quando saiu o resultado estava confirmado: eu tinha Lúpus. 

familia da naiaraComeçamos a medicação para tentar alguma melhora. Fiz diálise no Hospital e como tive uma anemia muito forte, precisei tomar muitas bolsas de sangue. Fiquei sem me alimentar e sem beber água. Eu mesma não sabia direito o que estava acontecendo comigo. Em coma, eu lembrava da minha família, mas não conseguia falar nem me mexer. Eu ouvia minha mãe falar comigo: “Ore! Só ore, pois Deus te entende, fale no seu íntimo”. Meu esposo foi me visitar e falou: “Você vai sair dessa e quando sair nós vamos nos casar”, eu chorei muito porque aquele era nosso desejo, pois ainda não éramos casados.

Certo dia eu ainda no coma, Deus permitiu que eu tivesse uma visão. Eu me via morta, me via em um caixão, vi pessoas que eu amo, vi muitos parentes, minhas filhas. Foi minha maior tristeza!  Depois eu tive a oportunidade de ver o céu lindo, nunca visto antes.  Mas de repente ficou tudo escuro e ouvi uma voz horrível rindo muito de mim, mas depois veio outra voz linda suave que dizia: “Calma filha minha, ainda não está na sua hora, tenho muitos planos em sua vida e você ira trabalhar para mim”. Aleluia! Foi lindo tudo aquilo e quando acordei do coma, eu vi o meu sogro que é pastor e vi também o meu esposo e perguntei se eles estavam chegando do meu velório. Eles não entenderam nada, porque pra mim parecia ser real. 

Fiquei ainda mais um mês na UTI tendo todos os cuidados. Eu tomava banho na cama, não comia. Fui reaprendendo a comer, a falar e a andar também. Quando fiz um mês tive alta para enfermaria, lá não tinha a ajuda que eu tinha na UTI e Deus foi me capacitando cada dia. Tive quedas, pois é igual uma criança quando aprende a andar, não foi fácil. 

Deus foi me capacitando a cada dia. No total, fiquei 52 dias internada. Foram momentos difíceis que Deus me avisou que eu iria passar, pois na Bíblia diz que iremos passar por aflições. A verdade é que nunca estamos preparados. Quando voltei para casa, tive ajuda e fui reaprendendo tudo. Minha mãe e meu esposo cuidavam da minha filha. Eu não tinha leite materno, foi muito difícil, mas Deus foi nos capacitando. Neste período, meu pai também teve depressão, foi um momento doloroso para todos nós. 

Eu sempre tive cabelos longos, mas não valorizava, cheguei a perder a metade dos cabelos. Fui tendo uma vida nova difícil, mas agradecia a Deus porque Ele havia me livrado da morte. Em seguida, comecei o meu tratamento contra o Lúpus no Hospital das Clínicas. Ainda tenho Nefrite Lúpica, que é uma doença auto-imune que ataca rins pulmões, pele e cérebro. Pelos médicos, ainda estou em tratamento, mas sinto que estou curada, pois meu Deus fez promessas que eu iria ser curada e eu creio. Não fico mais inchada, já falo normalmente, meu cabelo voltou a crescer, minha filha é super saudável e eu sou grata a Deus. Tenho certeza que vou testemunhar para todos que ESTOU CURADA porque Deus não é homem para mentir e nem Filho do Homem para não cumprir. Atualmente sou casada, sou segunda coordenadora de crianças e meu esposo ainda não é evangélico, mas creio nas promessas de Deus. Se eu cheguei hoje até aqui, já é um milagre de Deus e eu só tenho que agradecer.

Envie seu testemunho!

Já aconteceu algum milagre de Deus na sua vida? Que tal divulgar nesta seção que se dedica exclusivamente a anunciá-los para a glorificação do nome de Jesus. Envie-nos o seu testemunho (se possível, com foto) por e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. E no assunto não se esqueça de colocar: Testemunho. Aproveite e envie também o seu telefone para entrarmos em contato. Estamos te esperando!  
“Para que todos vejam e saibam e considerem e juntamente entendam que a mão do Senhor fez isso” (Is 41. 20).

*A CPAD não se compromete na publicação de todos os testemunhos. O mesmo será avaliado pela equipe responsável pelo site Mulher Cristã Hoje. A veracidade das informações é de inteira responsabilidade de seu autor.

Vivi uma experiência com Deus!

Escrito por Mulher Cristã
 Vivi uma experiência com Deus!

A paz do Senhor amadas irmãs! Sou Vanessa Calegário, tenho 40 anos, sou criada em berço cr...

Ex-satanista e ex-lésbica, hoje pre...

Escrito por Mulher Cristã
Ex-satanista e ex-lésbica, hoje pregadora do Evangelho!

A Paz do Senhor, irmãs. Sou Eugênia Lima, tenho 53 anos. Sou solteira, mãe de Gabriel e av...

O meu milagre aconteceu: sou mãe!

Escrito por Mulher Cristã
O meu milagre aconteceu: sou mãe!

A paz do Senhor, amadas! Sou Monique Rocha da Silva Ventura e aos 16, próximos aos 17 anos...

Em meio a pandemia, Deus abriu uma...

Escrito por Mulher Cristã
Em meio a pandemia, Deus abriu uma porta!

A paz do Senhor irmãs, sou Lucena de Souza, tenho 60 anos e sou membro da Igreja Assemblei...

A sua vida importa!

Escrito por Mulher Cristã
A sua vida importa!

Há alguns meses vimos cenas terríveis na TV e nos noticiários que mais pareciam aqueles fi...

“Não tenho mais Câncer!”

Escrito por Mulher Cristã
“Não tenho mais Câncer!”

A paz do Senhor Jesus! Sou a irmã Rosemari Arigone dos Santos Arruda e tenho 62 anos. Cong...

Minha vida sentimental foi liberta!

Escrito por Mulher Cristã
Minha vida sentimental foi liberta!

A paz do Senhor amadas! Sou Margarete Amaral, casada com Luís Soares, mãe de dois filhos l...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2020 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.