Sobrevivendo em tempos difíceis

Sempre quando enfrentamos momentos de crise, parece que nossa fé se abala ou que a nossa oração não passa do telhado. Isso é até normal, ou seja, pode acontecer, mas não podemos continuar agindo ou pensando assim constantemente. 

Precisamos nos voltar para a Bíblia e conhecer mais o que ela diz sobre esse assunto. Existia um homem chamado Jó, que era íntegro, reto, temente a Deus e desviava-se do mal. Você conhece essa história, não é? Determinado período, ele viu a vida dele virar de cabeça para baixo. O que ele tinha, passou a não ter mais. Até a saúde dele foi tocada pelo inimigo. E o pior, ouviu da própria boca da esposa, palavras de maldição, que logo as repreendeu. E o que acontece com este homem depois? Ele murmurou? Não. Somente adorou a Deus, orou pelos seus amigos e Deus virou o cativeiro de Jó. 

Agora, pare e pense um minuto: Jó merecia passar por tudo aquilo? Jó era desobediente a Deus a ponto de receber tamanhas punições? Com certeza a resposta para as duas perguntas é a mesma: Não. Ele estava sendo provado por Deus para mostrar ao inimigo que ele era fiel ao Pai de Amor.

Lembre-se também da cena do Calvário, onde estavam pregados, um ladrão à direita, outro à esquerda e Jesus ao meio. “E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós. Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação? E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez. E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.” (Lucas 23:39-42)

Em qual ladrão houve arrependimento? Será que entendemos essa passagem? Como eu estou agindo perante o Mestre? Como estão sendo feitas as minhas orações? Será que estou pedindo ao Senhor perdão pelos meus pecados e falhas? Ou está o acusando como o ladrão, se tu és o Cristo, venha nos salvar? 

Não quero que sejamos hipócritas, que vivendo em meio a uma crise, pedimos socorro ao Senhor e não estamos errados quanto a isso. Veja Salmos 121.1,2. O nosso socorro virá dele. Mas temos que reconhecer quem nós somos, nos arrependermos de fato dos nossos pecados e pedir perdão ao Pai para Ele ter misericórdia de nós. 

É tempo de pedir perdão, tempo de amar mais as pessoas, tempo de ouvir mais e falar menos, tempo de nos afastar dos abraços e demonstrar amor e carinho orando por todos. Isso é o que Deus espera de nós, seus filhos. 

Será que estamos de fatos arrependidos por todo o mal que o mundo tem causado ao Nome do Senhor? Faça a sua parte. Compartilhe com mais pessoas, para que rapidamente esta fase de crise venha passar e possamos cantar do outro lado, como o povo de Israel fez após atravessar o Mar Vermelho. Sobreviva neste tempo de crise!

Por Luciene Saviolli

Vestido de noiva

Escrito por Mulher Cristã
Vestido de noiva

Maio é conhecido como o mês das noivas. Neste mês, muitas mulheres estão terminando os últ...

Eu venci o Covid-19

Escrito por Mulher Cristã
 Eu venci o Covid-19

A paz do Senhor a todos. Meu nome é Patrícia Vouga, tenho 39 anos, sou solteira e mãe de A...

Não adormeça na Janela

Escrito por Mulher Cristã
Não adormeça na Janela

Quando você chega à igreja para cultuar, onde você gosta de sentar? Lá na frente, perto do...

Deus transformou a minha vida

Escrito por Mulher Cristã
Deus transformou a minha vida

 A paz do Senhor Jesus. Meu nome é Glauciane Gonçalves, 30 anos. Venho compartilhar u...

Sobrevivendo em tempos difíceis

Escrito por Mulher Cristã
Sobrevivendo em tempos difíceis

Sempre quando enfrentamos momentos de crise, parece que nossa fé se abala ou que a nossa o...

Venci o Câncer de Mama

Escrito por Mulher Cristã
Venci o Câncer de Mama

A paz do Senhor amadas, eu sou Joana Darc Saraiva Correia, evangélica da Igreja Assembleia...

Passei pelo Câncer, mas Jesus me cu...

Escrito por Mulher Cristã
Passei pelo Câncer, mas Jesus me curou!

A paz do Senhor irmãs, sou Jane de Sousa Brito da Silva, moro em Fortaleza, sou casada e t...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2020 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.