Elaine Cruz

Elaine Cruz é psicóloga clínica e escolar, com especialização em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade. É mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense, professora universitária e possui vários trabalhos publicados e apresentados em congressos no Brasil e no exterior. Atua como terapeuta há mais de trinta anos e é conferencista internacional. É mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA) e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Como escritora recebeu o 'Prêmio ABEC de Melhor Autora Nacional' e é autora dos livros “Sócios, Amigos e Amados”, “Amor e Disciplina para criar filhos felizes” e o mais recente, "Equilíbrio Emocional", todos títulos da CPAD.

O Outono da vida     

Nas estações do ano da nossa vida, o verão é a nossa infância, a primavera é nossa adolescência e juventude, e a vida adulta se constitui nosso outono.

Depois dos esperados anos de alegria e contentamento da infância, bem como dos anos das principais escolhas sentimentais e profissionais, iniciamos uma nova estação.

Na nossa vida, esta é a estação mais longa. Começa no meio dos nossos vinte anos, e dura cerca de quarenta anos. É a estação em que frutificamos, inaugurando famílias, vida profissional e ministerial. É quando nos tornamos pais, responsáveis por administrar outras vidas, e organizar nosso cotidiano e nossos relacionamentos.

Dentre as estações delineadas por Deus, o outono é a estação de dias limpos, com chuvas ocasionais e céu alaranjado. É a estação dos frutos, onde ocorre redução dos raios solares, instabilidade térmica com alguns nevoeiros e ventania, em que as folhas ficam coloridas e caem com leveza das árvores para enfeitar o chão das ruas e bosques.

Nos nossos anos de outono também estamos sujeitos a chuvas ocasionais, muito nevoeiro e alguma ventania. Muitas vezes encaramos até algumas tempestades inesperadas. A verdade é que, se fizermos as contas, os dias com céu limpo e alaranjado serão mais numerosos, e mesmo quando um nevoeiro atrapalha nossa visão do futuro, ele logo se dissipa, dando lugar a um sol morno e gostoso. Sim, a alegria sempre procede à tristeza, e nossas aflições são dissipadas pelas misericórdias de Deus, que se renovam todas as manhãs!

Quantos frutos colhemos no inverno! Como esquecer o nascimento dos filhos, e os anos em que os acompanhamos crescer, inaugurando novas habilidades e aprendizagens?

Por mais difíceis e trabalhosos que estes anos possam ser, há sempre o refrigério das gargalhadas infantis, e dos beijos, das frases e dos abraços sinceros da infância. É uma oportunidade única e divina podermos frutificar filhos, e ao mesmo tempo poder formar caráter e moldar a personalidade dos mesmos.

A instabilidade térmica do outono se reflete em nossos relacionamentos pessoais e profissionais. Construímos uma carreira profissional e/ou ministerial com muito esforço, muitas dúvidas e apreensões. Nos regozijamos com os avanços e sucessos, e sempre projetamos mais, visando podermos viver com tranquilidade a nossa última estação da vida.

Nos relacionamentos pessoais, aprendemos a negociar tarefas domésticas, ponderar pontos de vista diferentes dos nossos, trocar experiências, e encarar desafios que nos fazem perder o sono. Vamos amadurecendo, esperando menos das pessoas, estabelecendo prioridades na administração do nosso tempo, selecionando em quem vamos investir nossos afetos e aonde vamos direcionar nossos esforços.

No outono da vida necessitamos aprender a gostar do cheiro da terra molhada pela chuva, e valorizar os tons coloridos das árvores. E, claro, vamos apreciar, sem pressa, os frutos diversos e saborosos desta longa estação!

Mesmo que as folhas caiam, vamos deixar que elas embelezem nosso chão, nos apontando o mosaico colorido que Deus planejou pra nós.

elaine

Elaine Cruz 

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

O que os outros vão pensar?

Escrito por Elaine Cruz
O que os outros vão pensar?     

Somos pensados pelo outro desde antes do nascimento. São os outros que nos dão nome e sobr...

Dons ou Frutos?

Escrito por Elaine Cruz
Dons ou Frutos?     

No meu livro Equilíbrio Emocional, lançado pela CPAD, eu discuto o fato de que temos prior...

Escolha a Alegria!

Escrito por Elaine Cruz
Escolha a Alegria!  

A alegria é considerada uma emoção positiva. Sorrir é um ato com um significado universal,...

Livrando-se da Ansiedade

Escrito por Elaine Cruz
Livrando-se da Ansiedade

A ansiedade é chamada o mal do século vinte e um. Ela está ligada aos nossos dilemas frent...

Acertando o tom da voz

Escrito por Elaine Cruz
Acertando o tom da voz

Espaços de trabalho podem ser estressantes. Atender pessoas ao telefone muitas vezes exige...

A Importância do Toque

Escrito por Elaine Cruz
A Importância do Toque     

Muitas pesquisas, realizadas desde o período da segunda grande guerra mundial, quando muit...

Namorar

Escrito por Elaine Cruz
Namorar       

Na infância, especialmente entre as meninas, é comum que se imagine como será namorar, qua...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2019 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.