Elaine Cruz

Elaine Cruz é psicóloga clínica e escolar, com especialização em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade. É mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense, professora universitária e possui vários trabalhos publicados e apresentados em congressos no Brasil e no exterior. Atua como terapeuta há mais de vinte e cinco anos e é conferencista internacional. É mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA) e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Como escritora recebeu o 'Prêmio ABEC de Melhor Autora Nacional' e é autora dos livros “Sócios, Amigos e Amados” e “Amor e Disciplina para criar filhos felizes”, todos títulos da CPAD.

Gentilezas

A gentileza está cada vez mais rara. O tom de voz macio e sereno tem desaparecido de muitos lares, e o estresse vem substituindo a calmaria e a tranqüilidade da vida cotidiana.

Lembro dos meus filhos quando pequenos, com cerca de três a quatro meses, quando desejavam imitar um carinho e, sem o domínio da força  e do equilíbrio muscular, acabam dando um tapa no rosto.

Nestas ocasiões eu pegava suas mãos e, como toda mãe faz, ensinava a eles como fazer um carinho, passando as mãozinhas deles pela minha face com delicadeza e gentileza. Com o passar dos meses e com a aquisição do controle da força, eles aprenderam a serem gentis em seus atos de carinho e afeto.

Na vida também precisamos reforçar a nós mesmos, continuadamente, a mantermos a gentileza em nossos relacionamentos. A Bíblia nos adverte seriamente a este respeito: em tudo, façam aos outros o que vocês querem que eles lhes façam. (Mateus 7.12); Se por estarmos em Cristo, nós temos alguma motivação, alguma exortação de amor, alguma comunhão no Espírito, alguma profunda afeição e compaixão, completem a minha alegria, tendo o mesmo modo de pensar, o mesmo amor, um só espírito e uma só atitude. Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas humildemente considerem os outros superiores a si mesmos.  Cada um cuide, não somente dos seus interesses, mas também dos interesses dos outros. (Filipenses 2.1-4)

Nós sempre esperamos gentileza das pessoas com quem convivemos: uma saudação de "bom dia", um sorriso, ouvir "obrigada”, e o cavalheirismo de um homem a nos abrir a porta do elevador ou nos deixar sair primeiro de um recinto enquanto ele nos segura a porta. Mas nem sempre estamos decididos a fazer o mesmo por outras pessoas, sejam mais velhas ou mais novas, que também esperam gentilezas das nossas atitudes.

Você cumprimenta as pessoas por quem passa na rua? Beija e abraça com carinho seus familiares e irmãos da igreja? Pede com delicadeza o sal ou a manteiga quando está à mesa com sua família? Agradece com simpatia ao frentista do posto de gasolina que lhe serviu? Fala com seus empregados com consideração? Ouve seus filhos com atenção e seriedade? Ajuda uma pessoa mais velha a atravessar a rua? Cede seu lugar a uma mulher gestante ou mais velha? Pondera as palavras, adoçando-as antes de falar, mesmo quando vai dar uma reprimenda?

A gentileza, ou amabilidade, quebra a cerviz alheia, derruba barreiras de defesa de pessoas frias, aquece o coração de uma pessoa fria e indiferente. Em casa, promove afeto, destruindo o ânimo para discussões e brigas, acariciando corações feridos, colocando bálsamo em feridas abertas.

Decida pela gentileza. Faça o seu melhor pelo outro,  mesmo ciente de que não receberá sua gentileza de volta.  Continue oferecendo seu sorriso, seu bom humor e sua generosidade. Afinal, sempre  recebemos de Deus o melhor Dele, mesmo não merecendo. Ele permanece leal quando somos infiéis, e mantém sua generosidade quando erramos e falhamos em nossas atitudes.

Gentilezas

Escrito por Elaine Cruz
Gentilezas

A gentileza está cada vez mais rara. O tom de voz macio e sereno tem desaparecido de muito...

A tomada de decisões

Escrito por Elaine Cruz
A tomada de decisões

Nossas decisões não são realizadas a partir do nada, como se decisões fossem isentas de va...

Dependência Emocional

Escrito por Elaine Cruz
Dependência Emocional

Ao criar Adão e Eva, a primeira ordem de Deus a eles foi: CRESCEI.  Esta palavra apon...

Casas amargas

Escrito por Mulher Cristã
Casas amargas

Há cômodos em nossa casa interior que devem ser evitados. Nossas memórias guardam muitos m...

Como surgem os maus políticos?

Escrito por Elaine Cruz
Como surgem os maus políticos?

Temos assistido um espetáculo deplorável de políticos corruptos e amorais. Não é de hoje q...

Mulheres Rixosas 

Escrito por Elaine Cruz
Mulheres Rixosas 

Nós mulheres somos mais atentas a detalhes, e temos a habilidade de intuir e imaginar mais...

Educando meninos

Escrito por Elaine Cruz
Educando meninos

Me surpreendo sempre com uma nova geração de rapazes extremamente machista. Jovens que def...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2018 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.