Elaine Cruz

Elaine Cruz é psicóloga clínica e escolar, com especialização em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade. É mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense, professora universitária e possui vários trabalhos publicados e apresentados em congressos no Brasil e no exterior. Atua como terapeuta há mais de trinta anos e é conferencista internacional. É mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA) e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Como escritora recebeu o 'Prêmio ABEC de Melhor Autora Nacional' e é autora dos livros “Sócios, Amigos e Amados”, “Amor e Disciplina para criar filhos felizes” e o mais recente, "Equilíbrio Emocional", todos títulos da CPAD.

Beleza e Juventude

Todos os meses as marcas de cosméticos lançam cremes milagrosos para auxiliar na beleza. São cosméticos para fortalecer as unhas, aliviar as olheiras e rugas, firmar a pele, tonificar a cútis, renovar as células do corpo, esfoliar o rosto, e para fazer nascer cabelo em couros cabeludos.

A indústria já percebeu que os homens também estão preocupados com a beleza, e as marcas estão investindo pesado em novidades para o público masculino. Além de segmentarem a linha de produtos para os diferentes tipos de peles e para etnias – há linhas de cosméticos  especificas  para a pele asiática, para a pele negra,  para a pele que pega muito ou pouco sol. 

Perseguir a beleza  tem sido a meta de muita gente. Há pessoas que investem muito dinheiro em cremes, roupas e acessórios, acreditando que isto pode lhes trazer poder e prestígio.  Na verdade, alguns meios privilegiam a juventude e a beleza a qualquer custo. O problema é que a juventude acaba, e a beleza altera seus padrões. 

Os anos passam rápido. A juventude tem idade certa para acontecer. Depois algumas pessoas até podem parecer ser mais novas do que são, mas já não são mais jovens –  apenas guardam traços joviais para a idade cronológica, que só vai aumentando ao longo dos meses!

O mesmo acontece com a beleza. Há crianças belas, outras nem tanto. Há adultos bonitos, com traços finos, mas que podem perder sua beleza por diferentes motivos: pessoas  antipáticas ofuscam a beleza, e há ainda os que se tratam mal ou que casam mal –  cujas escolhas de vida os enfeiam pela desilusão ou tristeza que vivenciam. Enquanto a jovialidade está evidenciada  na aparência, a beleza reflete muito o mundo interior. A alma triste embaça o olhar, tira o brilho da pele, causa doenças e dores. A Bíblia nos adverte:  O coração alegre aformoseia o rosto, mas pela dor do coração o espírito se abate. (Proverbios 15.13). Sendo assim, as pessoas deveriam usar mais cosméticos para as suas almas!

Uma alma saudável não guarda rancores e mágoas.  Um coração belo decide ver o lado bom da vida, procura as qualidades nas pessoas com quem convive, e opta por esquecer os dissabores, aproveitando o melhor da vida. Uma pessoa bonita internamente é sempre agradável, pacífica, perdoadora, sábia e amorosa. Sabe que a vida passa rápido, e que os dissabores da vida, se não forem superados, podem acabar com sua beleza e jovialidade, independente da sua idade cronológica. 

Depois da salvação, os melhores cosméticos para a alma são a oração e a leitura da Bíblia. Quando oramos nos esfoliamos de mágoas, descarregamos nossas tensões e deixamos nossos fardos em Deus. E da mesma forma como precisamos fazer limpeza de pele para nosso embelezamento exterior, precisamos da Palavra de Deus para limpar nosso interior.

No livro de Provérbios 31.30, lemos:  A beleza é enganosa, e a formosura é passageira; mas a mulher que teme ao Senhor será elogiada. Maquiagens, apliques, enfeites e roupas bonitas podem nos fazer belas, mas sempre teremos as doze badaladas da meia noite da Cinderela! 

O importante é continuarmos formosas para quem nos ama, mantermos nossa beleza para o espelho que vemos na nossa intimidade. Não importa se a juventude já se foi, ou se só guardamos os traços de uma beleza de outrora – se seguimos servindo a Deus, ele realça nossa formosura exterior e restaura a beleza interior!

elaine

Elaine Cruz 

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

A cultura suicida

Escrito por Elaine Cruz
A cultura suicida

Segundo a Organização Mundial de Saúde, temos no mundo um suicídio a cerca de cada vinte s...

Considere o que você já tem!

Escrito por Elaine Cruz
Considere o que você já tem!         

A parábola do filho pródigo retrata do comportamento do filho que gasta o que recebe do pa...

Filhos pródigos

Escrito por Elaine Cruz
 Filhos pródigos

Uma das parábolas mais lindas e conhecidas da Bíblia enfatiza o comportamento de um filho...

Tempos

Escrito por Elaine Cruz
Tempos

Nós não sabemos viver desvinculados do tempo. Vamos somando nossos dias de vida, dividindo...

Páscoa

Escrito por Elaine Cruz
Páscoa

Meses antes da chegada da Páscoa, os supermercados e lojas de doces lotam suas prateleiras...

Equilíbrio Emocional

Escrito por Elaine Cruz
Equilíbrio Emocional

Nossos filhos, gerados ou adotados, são presentes de Deus, que expandem nosso horizonte e...

Bem me quer, mal me quer…

Escrito por CPAD Web
Bem me quer, mal me quer…

Não sei se as crianças de hoje ainda brincam de Bem me quer, mal me quer.  Mas se voc...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2019 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.