Lídia Dantas Costa

Lídia Dantas Costa é casada com o Pastor Wellington Júnior, atual presidente da CGADB – Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil. Formada em Artes Plásticas e Teologia; Pós Graduada em Terapia Familiar e de Casal; Pós Graduada em Aconselhamento. ‪Coordenadora do Departamento Feminino e Círculo de Oração da Assembleia de Deus do Belém, em Guarulhos (SP) há 23 anos. E há 15 coordena os Encontros de Casais em sua igreja. ‬ ‪Há 32 anos é professora da ED e há seis coordena o Curso de Aconselhamento Pré-Nupcial na ADB Guarulhos. Preside a ABEM –Associação Beneficente Estrela da Manhã há seis anos. Há quatro está na ministração do Curso de Aconselhamento Familiar na Faculdade Teológica de São Paulo – FAESP. Ministra palestras para Casais e Famílias e presta atendimento gratuito na ADB - Guarulhos, em Aconselhamento, Terapia Familiar e de Casal.

Mulher cristã como luz do mundo

Os dias atuais têm gerado desafios a serem enfrentados pela esposa de obreiro, abrangendo todas as áreas de sua vida. “Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte” (Mateus 5.14). Enfrentamos a atualidade como filha, esposa, mãe, profissional, crente, líder e mulher cristã no século XXI.

 O período em que vivemos é chamado de Pós- Modernidade. Faz-se necessário entender o que isto quer dizer, para sabermos o quanto isto pode nos influenciar, e, assim, estarmos aptas a vencer. A Pós-modernidade é um conceito que representa toda a estrutura social, política e cultural desde o final dos anos 80 até os dias atuais. Desvaloriza a lógica e o sentido das coisas e dá ênfase ao que foge à regra. Os fundamentos e as propostas dos pós-modernistas, em princípio, dão a impressão de algo positivo: o discurso democrático, a globalização e a busca do bem do ser humano. Porém, quando observados à luz da Palavra de Deus, chega-se à conclusão de serem princípios que contrapõem os fundamentos cristãos. Incide no ambiente em que a sociedade pós-moderna está inserida, caracterizada pelo domínio do sistema capitalista no qual impera: 

Globalização: é a massificação de comportamentos, tendências e consciência coletiva. Assim como o líquido não possui uma forma e podem deslizar com facilidade de um lado para outro, tomando a forma do objeto no qual é colocado, da mesma forma também, podem ser descritos os comportamentos e valores humanos da sociedade globalizada; toma-se a forma do ambiente e importâncias em que se conviva.  

Hedonismo: pode ser descrito como a busca dos prazeres e satisfações individuais. É a valorização do “aqui e agora” (Carpe Diem).  

Relativismo: questiona as antigas certezas e verdades e passa a considerar tudo como meras hipóteses ou especulações. Deixa-se de lado as verdades absolutas e passa-se a valorizar o que é relativo. O foco central é a figura humana, o seu desejo e bem-estar. Ocorre a banalização ou ausência de valores.

Amada irmã, dentro desse período em que vivemos, ocupe e conquiste os espaços que o Senhor tem para você. “E peço-te também a ti, meu verdadeiro companheiro, que ajudes essas mulheres que trabalharam comigo no evangelho, e com Clemente, e com os outros cooperadores, cujos nomes estão no livro da vida.” (Filipenses 4.3)

Fique atenta pois somos propensas a nos colocarmos como polivalentes e é necessário que observemos o tempo versus as tarefas, sabendo que “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.” (Eclesiastes 3.1). Devemos fazer a vontade de Deus: “portanto, vede diligentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, usando bem cada oportunidade, porquanto os dias são maus. Por isso, não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor.” (Efésios 5.15-17). Perceba seus limites: “Ou não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” (1Coríntios 6.19). Cuide-se bem!

Eu a convido, minha irmã querida, caminhemos firmes com Cristo, sempre o honrando como suas representantes, pois "vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus." Mt 5:14-16

Em Jo 1.9 está escrito: “Ali estava a luz verdadeira, que ilumina a todo o homem que vem ao mundo.” Cada um de nós que cremos em Cristo participamos e refletimos a luz dEle. Porque Jesus Cristo é a verdadeira luz do mundo. Ele veio ao mundo trazendo ao ser humano perdão dos pecados, salvação, comunhão com Deus, paz e descanso para o coração enquanto aqui na terra e também na vida eterna. Tirou-nos das trevas para sua maravilhosa luz. A luz tem uma utilidade e nós crentes precisamos ser úteis para iluminar, clarear e dissipar a escuridão. Brilhar sem impedimentos, pois Jesus é assim: nada impede que Ele brilhe. Sejamos como Jesus que ilumina as trevas. Assim é a vida de quem encontra Jesus! Tem conforto, segurança e paz!

Quanto a minha e a sua vida podem refletir a luz de Cristo, seu amor, sua paz, a retidão, a justiça, a bondade? Por onde vivemos, congregando, trabalhando, estudando, compartilhando, convivendo, ajudando, sim estendendo a mão a quem necessite...podemos iluminar onde chegamos e dessa forma apresentar Jesus? Onde você chega o ambiente resplandece ou obscurece?

Minha amada irmã, somos crentes! A minha e a sua luz são as nossas boas obras e essas boas obras resultam em glória e honra a Deus. Sim, a sua vida como luz que por onde esteja ilumine o lugar de forma muito especial, glorificando a Jesus Cristo e a Deus Pai, resultando em bençãos e paz para você e os seus!

 Lídia Dantas Costa

 *A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

 

 

Mulher cristã como luz do mundo

Escrito por Lídia Dantas Costa
Mulher cristã como luz do mundo

Os dias atuais têm gerado desafios a serem enfrentados pela esposa de obreiro, abrangendo...

Sempre Nova!

Escrito por Lídia Dantas Costa
Sempre Nova!

Somos impelidas a viver algo novo a partir do momento em que cremos em Jesus Cristo e o re...

A mão do Senhor não está encolhida!

Escrito por Lídia Dantas Costa
A mão do Senhor não está encolhida!

Is 59:1-4 “Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem surd...

Deus Todo Poderoso

Escrito por Lídia Dantas Costa
Deus Todo Poderoso

Só o Senhor é Deus! “Por isso hoje saberás, e refletirás no teu coração, que só o Senhor é...

Desafios

Escrito por Lídia Dantas Costa
Desafios

Existem ocasiões na vida em que nos deparamos com situações inesperadas que exigem de nós...

Na Presença de Deus

Escrito por Lídia Dantas Costa
Na Presença de Deus

A oração nos aproxima de Deus e nos faz sentir sua presença conosco; traz-nos para tão per...

Uma mãe de fé e coragem

Escrito por Lídia Dantas Costa
Uma mãe de fé e coragem

O Dia das Mães a cada ano é comemorado no segundo domingo do mês de maio. Muitos abraços,...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2019 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.